Entendendo o desenvolvimento e crescimento

A infância é uma das fases da vida em que acontecem as maiores transformações, devido ao crescimento e o desenvolvimento do corpo. Por conta disso, é muito importante que a alimentação seja variada e adequada em quantidade e qualidade, para que todos os nutrientes sejam oferecidos na medida certa para atender às necessidades dessa fase.

Entre os 2 e os 6 anos, período chamado de “pré-escolar”o ritmo de crescimento é menor do que o verificado durante os dois primeiros anos, o que resulta em uma redução natural das necessidades nutricionais e do apetite. Por outro lado, algumas funções do corpo vão sendo mais refinadas nessa fase, além de ser um momento de intenso aprendizado.Mais tarde, entre os 7 e os 10 anos, durante a fase “escolar”, o ganho de peso é proporcionalmente maior que o crescimento estatural, e as crianças apresentam força, velocidade e coordenação mais aprimoradas, e independência cada vez maior. Por conta dessas características, acaba se tornando mais importante atentar à qualidade da alimentação do que propriamente à quantidade de alimentos ingeridos, pois essa será regulada se a criança for adequadamente incentivada a perceber os sinais de fome e saciedade desde cedo.

Alguns nutrientes são especialmente importantes nessas fases, atuando em conjunto no corpo da criança de forma a garantir sua defesa contra invasores, a multiplicação de suas células, e a formação das estruturas corporais, base para um crescimento adequado e um desenvolvimento seguro. São eles:


Por mais que seja normal e esperado que o apetite de criança varie, e que ela recuse alguns alimentos especialmente no período pré-escolar, é muito importante usar a criatividade e abusar da paciência no sentido de promover a variedade na alimentação dos pequenos. A oferta e o incentivo ao consumo de alimentos diferentes, de grupos diversos, preparados de formas variadas são estratégias que ajudam a garantir que o corpo receba tudo o que precisa nesse momento tão intenso e peculiar, alcançando todo o seu potencial de desenvolvimento e crescimento.

Referências bibliográficas
1. Cominetti C, Cozzolino SMF. Funções plenamente reconhecidas dos nutrientes – Zinco. Série de Publicações ILSI Brasil. V.7. São Paulo: International Life Science Institute Brasil, 2009.
2. De França NAG, Martini LA. Funções plenamente reconhecidas dos nutrientes – Cálcio. Série de Publicações ILSI Brasil. V.1. 2 ed. rev. São Paulo: International Life Science Institute Brasil, 2014.
3. Fisberg M, Braga JAP, Barbosa TNN, Martins FO. Funções plenamente reconhecidas dos nutrientes – Ferro. Série de Publicações ILSI Brasil. V.3. São Paulo: International Life Science Institute Brasil, 2008.
4. Peters BSE, Martini LA. Funções plenamente reconhecidas de nutrientes – Vitamina D. Série de publicações ILSI Brasil. V. 2. São Paulo: International Life Science Institute Brasil, 2014.
5. Ramalho A. Funções plenamente reconhecidas dos nutrientes – Vitamina A. Série de Publicações ILSI Brasil. V.12. São Paulo: International Life Science Institute Brasil, 2010.
6. Sociedade Brasileira de Pediatria. Manual de orientação para a alimentação do lactente, do pré-escolar, do escolar, do adolescente e na escola/Sociedade Brasileira de Pediatria. Departamento de Nutrologia, 3a. ed. Rio de Janeiro, RJ: SBP, 2012.

Compre on-line agora!

© 2017. Todos os Direitos Reservados. Produto sujeito à disponibilidade nas praças comercializadas.

Inkuba